Projeto Boto-Vermelho (UHE Balbina)

O Projeto Boto-Vermelho realizado em Balbina, com início de atividade em 2018, tem por objetivo realizar levantamentos de indivíduos da espécie na Usina Hidrelétrica (UHE) de Balbina. Esta UHE foi construída hã mais de 3 décadas e a partir desse barramento, isolaram um número desconhecido de botos-vermelhos que habitavam o rio Uatumã e seus afluentes e hoje estão confinados neste lago. Tendo o lago da Usina como um laboratório natural, estes levantamentos permitirão verificar como essa população isolada se estabeleceu do ponto de vista genético e social.

Com utilização de binóculos e câmera fotográfica em punho, os pesquisadores identificarão os animais permitindo o entendimento de quem está fazendo o que e com quem. Para melhor identificação destes, realizamos a captura e marcação de 11 animais (letras marcadas no dorso) melhorando assim a identificação individual – que também pode ser feita por marcações naturais como cortes, manchas ou deformações, por exemplo. As informações obtidas são cadastradas e servem de base para as pesquisas sobre esses animais hoje ou no futuro.